Força-tarefa do GDF atua na Rua 12, em Vicente Pires

União de forças da Administração Regional, GDF Presente, Novacap e outros órgãos do Executivo foi essencial para fechar erosão que apareceu no local

Força-tarefa do GDF atua na Rua 12, em Vicente Pires
Serviço foi iniciado na noite de sexta-feira e se estendeu durante a manhã deste sábado (13). Cerca de 240 toneladas de material triturado foram usadas para fechar a erosão | Foto: Divulgação

O Governo do Distrito Federal agiu rápido nas consequências da forte chuva que atingiu diversas regiões administrativas na tarde de sexta-feira (12). Em Vicente Pires, uma força-tarefa capitaneada pela Administração Regional e com o reforço de diversos órgãos do GDF foi direcionada para trabalhar no reparo de uma erosão que apareceu em um trecho da Rua 12.

O serviço foi iniciado ainda na noite de sexta e se estendeu durante a manhã deste sábado (13). Ao todo, cerca de 240 toneladas de material triturado foram usadas para fechar a erosão que havia provocado o afundamento na via e deixá-la totalmente trafegável novamente.

O problema ocorreu por causa da força da água da chuva que escorreu pela rua durante a tarde de sexta (12), gerando um acúmulo indevido de material, como explica o diretor de Obras da Administração Regional de Vicente Pires, Mateus Pegorer: “Abriu uma pequena vala na lateral da rua e o material foi entrando pouco a pouco, causando essa pequena erosão”, explicou.

Solução

“Tivemos um problema aqui com a água da chuva, que ocasionou um afundamento, mas trabalhamos rápido para solucionar, que é uma determinação do governador”, corroborou o administrador regional de Vicente Pires, Daniel de Castro. “Trouxemos um batalhão de maquinários, de gente e de material para trazer a situação à normalidade, atendendo aos pedidos da comunidade”.

As equipes da Administração Regional que trabalharam no reparo da erosão contaram com a ajuda do Polo Central Adjacente II do GDF Presente, que cedeu máquinas como caminhões, patrol e rolo compactador para agilizar o serviço. A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o Departamento de Trânsito (Detran-DF) e a Defesa Civil foram outros órgãos que também atuaram no local.